1. Alinhamento e balanceamento.

Os buracos alteram a geometria da suspensão, o que aumenta o consumo de combustível e diminui a durabilidade dos pneus. Além disso, a falta de alinhamento faz com que o carro puxe para um dos lados enquanto está em movimento, o que pode causar um acidente. As rodas devem ser alinhadas e balanceadas em todas as revisões do carro.

2. Use aditivo na água do radiador.

O uso do aditivo evita que as peças metálicas enferrujem, prolongando a durabilidade dos sensores térmicos e das válvulas termostáticas. Mas cuidado! O aditivo deve ser adicionado de tempos em tempos, geralmente quando são feitas as revisões, e não toda vez que completar a água.

3. Troque as velas.

A faísca produzida pelas velas vai perdendo a intensidade e passa a não queimar todo o combustível que entra na câmara de combustão. Com isso, o consumo do carro aumenta, enquanto que a potência do motor diminui. Porém, é importante verificar o manual de seu veículo para saber melhor sobre o tempo de troca de sua vela.

4. Fluido de freio deve ser substituído.

Responsável por acionar todo o sistema de frenagem, o fluido de freio é fundamental para que o carro circule em segurança. Mesmo assim, muitos motoristas acabam adiando a substituição do líquido. Esse atraso pode causar ferrugem em algumas peças internas, reduzindo o desempenho do mecanismo devido à perca da validade.

5. Higienize o ar-condicionado.

Você já sentiu um cheiro estranho quando estava com o ar-condicionado ligado? Ou então teve uma crise de espirros enquanto curtia um ventinho gelado? Isso pode ser evitado com uma limpeza no ar-condicionado. Muitos fungos e bactérias se alojam no sistema, causando desconforto. Portanto é importante a substituição dos filtros e higienização dos dutos.